domingo, 30 de setembro de 2012

Refutação do tempo.



"O tempo é a substância de que sou feito.
O tempo é um rio que me arrasta, mas eu sou o rio;
é um tigre que me destroça, mas eu sou o tigre;
é um fogo que me consome, mas eu sou o fogo"

Jorge Luís Borges em  "Nova Refutação do Tempo"

2 comentários:

  1. Muito bom, parabéns pela bela postagem.

    ResponderExcluir
  2. Gênio Borges. Obrigado por compartilhar.
    Abraço e ótima semana.
    Gilson.

    ResponderExcluir