segunda-feira, 21 de março de 2011

Sonhos são pastores

  Imagem Ismael Neri

                                           PROA                                              


O sonho é meu pastor, nada me faltará.
Que venham as tormentas, que venha o que vier,
tenho o sonho comigo, o sonho é meu pastor.

O mundo da aparência não me engolirá.
Conheço bem suas manhas, meu ofício é interior:
girassol que é girassol tem proa pro amanhecer.

O sonho é meu pastor, nada me faltará.
Com ele eu teço o mundo, reinvento a via-láctea.
Mistérios são bem-vindos, o sonho é meu pastor.

Ou eu busco a verdade ou ela não me achará.
Minha verdade, o sonho, é pomar e é brasão.
Seu universo, os versos, fio do sim e do não.

O sonho é meu pastor, nada me faltará.
Encontro nele a luz, meu alimento e cor.
Que escorra a ampulheta, o sonho é meu pastor.

Edival Perrini 
em
(Armazém de ecos e achados)
                                   

12 comentários:

  1. Isso me faz lembrar de uma frase que minha irmã me apresentou de um blog que eu não sei qual é: "durmo pouco, sonho muito". Achei genial!

    Bejo!

    ResponderExcluir
  2. Tendo o sonho como pastor, realmente nada faltará, pois o sonho é a parte que alimenta a vida, e nos faz acreditar que podemos atingir nossos objetivos.
    Bjux

    ResponderExcluir
  3. Os sonhos são para os poetas bússolas que os guiam pelo mundo real.
    ''Que escorra a ampulheta'', que passem os dias, as horas, as tristezas, as crenças, que se passem as correntes que nos aprisionam, pois o pastor jamais abandona o seu rebanho, e o seu rebanho quer viver, não de uma forma alienada, mas de uma forma que doa menos, que o sangue escorra mais devagar pelas suas veias.
    Assim como o pintor utiliza-se da tábua de pintura para colorir em aquarela seu mundo branco, o poeta utiliza-se dos sonhos para escrever as folhas da vida.
    Lindíssimo!

    ResponderExcluir
  4. Obrigado por aceitar a entrevista em um blog tao humilde, estou te seguindo tbm para melhor comunicaçao, bom preciso de alguma forma de cominicaçao gmail ou msn para lhe mandar os detalhes e as perguntas.Grato Adiministrador

    ResponderExcluir
  5. "O sonho é meu pastor, nada me faltará."
    Alguns versos são como aquelas sementes que esperam centenas de anos para nascerem.
    As sementes esperam ocasião propícia;
    os versos, propícios poetas.
    Elenir, parabéns pela seleção!
    Conte com um novo leitor entre os seus privilegiados.

    ResponderExcluir
  6. Elenir,ao ler este poema,senti o impulso de reler.Percebi já pelo título o rumo(proa) que iria tomar a minha leitura.Percebi que o autor criou um poema fazendo uma paráfrase(...se pode-se dizer)com o Salmo "O Senhor é meu pastor",atribuído ao rei Davi,contendo também 15 versos.O poema nos indica que em todas as ocasiões e percalços da vida há proteção,segurança,a reinvençao da vida...pois o sonho nas entrelinhas é o grande pastor e nada nos faltará.Brilhante!Sem palavras para expressar tanta sensibilidade deste poeta.Quisera eu ser poeta também.Minha querida Elenir.um grande beijo a vc!

    ResponderExcluir
  7. Retribuo a visita. Compartilho poemas. Até o rabino Bonder vive aqui, que coisa boa... Já leu (ou assistiu à peça) A Alma Imoral, dele? Uma confissão: seu blog mudou meu dia. Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Sonhar é alimentar a alma, a vontade de viver. Lindo poema. Ainda não postei o meme, mas vou fazê-lo, tá?

    bjm

    ResponderExcluir
  9. Querida Elenir!

    Sonhos são a Força e Perspectiva da nossa vida. Se, pararmos de sonhar a tendência de não se alterar o estado de movimento, isto é, nada acontece em repouso, tende naturalmente a permanecer em repouso. Um sonho com velocidade (desejo) constante tende a manter a sua velocidade constante... E nada faltará!

    Maravilhoso.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  10. O sonho comanda a vida!Quem os cultiva possui o mundo!

    Belíssimo poema!

    Um beijo!

    Sonia Regina.

    ResponderExcluir
  11. Eu também integro esse rebanho,
    E espero que esse pastor me leve sempre para pastos verdejantes!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir